Top Ad unit 728 × 90

Últimas publicações

recent

Müller fecha e Marx reabre. A porta giratória do papa Bergoglio

Tradução: Carlos Wolkartt – Renitencia.com

Os pontos imutáveis sobre a comunhão a católicos divorciados e recasados, relembrados por ordem do Papa Francisco pelo prefeito da congregação para a doutrina da fé Gerhard Ludwig Müller, no L'Osservatore Romano de 23 de outubro, “não podem pôr fim à discussão”, disse o arcebispo de Mônaco e Frisinga, Reinhard Marx, na conclusão de uma reunião da conferência episcopal de Baviera, conforme relatado pela agência católica Kathweb.

Marx é um dos oito cardeais que aconselham o papa no governo da Igreja e na reforma da cúria romana.

Ao mesmo tempo, no entanto, Müller pediu à arquidiocese de Friburgo para retirar de circulação o documento em favor da comunhão aos divorciados recasados publicado em 8 de outubro por um gabinete pastoral da mesma diocese.

Müller expressou seu pedido em uma carta ao arcebispo Robert Zollitsch, administrador apostólico de Friburgo e presidente da conferência episcopal alemã.

Na carta, enviada em cópia a todos os bispos da Alemanha, Müller adverte contra “desorientar (confundir) os crentes acerca do ensinamento da Igreja sobre a indissolubilidade do matrimônio”.

Quanto à cerimônia para festejar o “pleno regresso” do divorciado recasado à comunidade, ilustrada no documento que foi pedido para ser retirado de circulação, Müller recorda que semelhantes ritos foram “expressamente proibidos por João Paulo II e Bento XVI”.

A carta do prefeito da congregação para a doutrina da fé foi publicada pelo diário católico “Die Tagespost”, no mesmo 15 de junho em que Müller havia publicado um artigo reimpresso meses depois pelo L'Osservatore Romano.

A incursão de Marx e a intervenção de Müller são mais um sinal daquela pluralidade de vozes e daquela alternância entre aceleração e frenagem que caracterizam o caminho para o sínodo sobre a família e, mais em geral, o “método” do papa Jorge Mario Bergoglio em liderar a Igreja.
Müller fecha e Marx reabre. A porta giratória do papa Bergoglio Reviewed by Renitência on quarta-feira, novembro 13, 2013 Rating: 5
Todos os direitos reservados — Renitência © 2013—2018
Hospedado no Blogger. Desenvolvido por Sweetheme.

Entre em contato conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.