Top Ad unit 728 × 90

Últimas publicações

recent

Loja Maçônica compra anúncio de página inteira para dar as boas-vindas a Francisco


A Grande Loja Maçônica está entre os diversos grupos que se prepararam para receber Francisco em sua passagem pelas Filipinas. O centro da Maçonaria no arquipélago comprou um anúncio de página inteira da edição de 16 de janeiro de 2015 do jornal Philippine Daily Inquirer. Eis o anúncio:


A Maçonaria é uma sociedade secreta presente no mundo inteiro, que já foi condenada inúmeras vezes pela Igreja Católica. A participação de católicos na Maçonaria implica excomunhão automática, um fato que o cardeal Ratzinger enfatizou em 26 de novembro de 1983:

“Os fiéis que pertencem às associações maçônicas estão em estado de pecado grave e não podem receber a Sagrada Comunhão. Não foi, portanto, ab-rogada a excomunhão nem as outras penas previstas.”

Inúmeros Papas condenaram a Maçonaria ao longo dos tempos. Em 28 de abril de 1738, o Papa Clemente XII escreve a Bula In Eminenti, que condena abertamente pela primeira vez a Maçonaria. A partir dessa Bula, foi proibido aos católicos pertencer à Maçonaria. Nos séculos seguintes, outros Papas confirmaram essa mesma posição por meio de diferentes documentos:

– Bento XIV, Provida Romanorum Pontificum, 18 de maio de 1751.
– Pio VII, Ecclesiam a Jesu Christo, 13 de setembro de 1821.
– Leão XII, Quo Graviora, 13 de março de 1826.
– Pio VIII, Traditi Humilitati Nostrae, 24 de maio de 1829.
– Gregório XVI, Mirari Vos, 15 de agosto de 1832.
– Pio IX, Qui Pluribus, 9 de novembro de 1846.
– Leão XIII, Humanum Genus, 20 de abril de 1884.
– Leão XIII, Dall'Alto dell'Apostolo Seggio, de 15 de outubro de 1890.

Leão XIII chamou essa sociedade secreta de “Sinagoga de Satanás”. Em sua carta de 8 de dezembro de 1892 ao povo italiano, o Pontífice escreve:

“Lembro-vos de que o Cristianismo e a Maçonaria são essencialmente incompatíveis, a tal ponto que para se unir a um é preciso divorciar-se do outro. Apresentemos, portanto, a Maçonaria como o inimigo de Deus, da Igreja e de nossa Pátria.”

Aliás, a Encíclica Humanum Genus, de Leão XIII, é uma das mais fortes e extensas condenações à Maçonaria, destacando a sua incompatibilidade com o Cristianismo e a guerra declarada à Igreja. Entre os pontos principais apresentados por Leão XIII, destacam-se:

1. A finalidade da maçonaria é destruir toda ordem religiosa e política do mundo baseada nos princípios cristãos e substituí-la por uma nova ordem de acordo com suas idéias, apresentadas ao mundo na Revolução Francesa.

2. Suas idéias procedem do Naturalismo, isto é, de que a natureza humana e a razão humana devem guiar tudo e ser independentes de Deus.

3. A Maçonaria apresenta-se como a religião natural do homem, e por isso afirma ter sua origem no começo da história da humanidade.

4. Para a Maçonaria, Deus não passa de um conceito filosófico e natural. Daí, Deus passa a ser a imagem do homem.

5. A Maçonaria nega a possibilidade de Deus ter ensinado algo.

6. A Maçonaria é essencialmente liberal em todas as vertentes do Liberalismo.

7. Para a Maçonaria, a Igreja Católica não passa de uma seita que deve ser aniquilada.
Loja Maçônica compra anúncio de página inteira para dar as boas-vindas a Francisco Reviewed by Editor on quinta-feira, janeiro 22, 2015 Rating: 5
Todos os direitos reservados — Renitência © 2013—2018
Hospedado no Blogger. Desenvolvido por Sweetheme.

Entre em contato conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.